3 Casos reais do uso bem sucedido da AWS

Não é coincidência que a Amazon Web Services (AWS) é a plataforma de nuvem mais utilizada no mundo. Seus serviços e funcionalidades proporcionam excelentes benefícios para empresas de qualquer segmento. Veja a seguir 3 casos reais do uso bem sucedido da AWS.

Rede Globo

Uma das maiores redes de televisão do mundo, a Rede Globo, é um dos casos de uso bem sucedido da AWS. A emissora tinha dois desafios para resolver:

  • Evitar compra desnecessária de hardware e software, considerando que havia picos de demanda em determinados momentos;

  • Melhorar o SLA (Acordo de Nível de Serviço) de implantação, sem perder confiabilidade e redundância proporcionada pela nuvem.

A saída encontrada pela equipe de TI foi utilizar a camada de managed services, otimizando os recursos da AWS. Para manter a alta disponibilidade, optaram pelo monitoramento e suporte técnico 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Além disso, o modelo de pagamento ofertado pela AWS (pague pelo uso) é perfeito para lidar com a oscilação de demanda. As soluções suportam as grandes variações com segurança.

Ao optar pela migração da Alog para a nuvem da AWS, foram feitos testes de performance e segurança, mediante a implantação de alguns serviços, como Amazon Elastic Compute Cloud (EC2), Amazon Relational Database Service (RDS), Amazon DynamoDB, Amazon Elastic Block Store (EBS), e outros. O tempo de implantação foi reduzido pela metade.

Além desses benefícios, destaca-se também a maior folga no SLA acordado.

Agência Espacial Europeia (ESA)

A organização internacional que objetiva desenvolver a capacidade espacial da Europa optou pela AWS para resolver problemas de armazenamento de dados. A ESA possui um programa – Data User Elements (DUE) – que coleta dados sobre o estado da Terra por meio de satélites. No momento de pico, o volume de informação pode chegar a 30 terabytes, disponibilizados para mais de 50 mil usuários em todo o mundo.

Esses dados são disponibilizados a cientistas, organizações privadas e agências governamentais, que os utilizam para monitoramento ambiental, precisão de informações meteorológicas, dentre outras atividades.

Apesar do trabalho realizado por satélite, a ESA passou a basear parte da infraestrutura de computação e do armazenamento físico de dados na AWS. O DUE hospeda e recupera imagens no Amazon S3, ao passo que executa um sistema estatístico por meio do Amazon EC2.

A escolha pela AWS partiu do modelo de pagamento conforme o uso e da inicialização rápida. A ESA precisava de implementação rápida e facilitada, além de escalabilidade e personalização dos recursos, o que foi proporcionado pela AWS. O sistema de armazenamento de infraestrutura é flexível para os dados, podendo ser expandido quando necessário. Isso evitou a contratação de uma empresa externa para gerenciar a infraestrutura.

Alexa

A Alexa oferece ampla variedade de serviços da Web a seus clientes. Sua intenção é que seus clientes, por meio de APIs, acessem a enorme quantidade de informações coletadas pela empresa e a utilizem de forma inovadora. Para tanto, seria necessário desenvolver, executar e gerenciar os serviços com rapidez e economia.

A solução encontrada foram os serviços de infraestrutura da AWS, que oferecem base escalável: Amazon SimpleDB, Amazon EC2, Amazon S3 e Amazon SQS.

A empresa utiliza, por exemplo, o Amazon SimpleDB para a indexação automática e consulta das imagens armazenadas. Assim, ela consegue diminuir custos no gerenciamento e execução de banco de dados e um sistema de backup. A Alexa também conseguiu resolver o problema de execução e escalabilidade de banco de dados de alto desempenho.

O benefício dessas funcionalidades atinge também a produtividade da equipe de TI da empresa, já que os desenvolvedores passam a se concentrar na criação de novos recursos essenciais para o aplicativo.

Em outras palavras, a Alexa se concentra em inovações de produtos e no atendimento ao cliente, ao passo que a AWS se preocupa com escalabilidade, confiabilidade e disponibilidade.

A forma de pagamento pelo uso da AWS, unida à escalabilidade e confiabilidade, fez com que grandes empresas adotassem a plataforma em seus negócios. Com o contínuo crescimento da nuvem, serão necessários cada vez mais profissionais habilitados para operá-las.

Você está pronto para se tornar um especialista em AWS e aproveitar as oportunidades que aparecerão?

Série de Vídeos Online de AWS

Cadastre seu nome e e-mail para participar>

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente <strong>SEGURO</strong> conosco!