Cloud Computing ou Virtualização: Em qual devo me especializar?

Para a maioria das pessoas, especialmente as envolvidas com TI, a primeira vez que se ouviu falar sobre virtualização tem mais de meio século, na época em que a IBM desenvolveu uma forma de compartilhar sistemas de mainframe grandes e dispendiosos. 

Contudo, mesmo sendo superada por algum tempo com o surgimento dos computadores pessoais nas décadas de 80 e 90, a virtualização é praticamente uma das “Highlanders” da TI, havendo atualmente um movimento crescente de interesse sobre suas técnicas. Mesmo após o surgimento da Cloud Computing porque estamos ouvindo falar sobre virtualização novamente?

Não estamos discutindo sobre a mesma coisa?

Cloud Computing e Virtualização – mais do mesmo?

Se você não tem certeza das diferenças entre ambas, não se sinta mal, boa parte das pessoas acaba confundindo seus conceitos e aplicações. Então vamos lá!

A Virtualização permite que em um único servidor sejam executados simultaneamente vários ambientes virtuais distintos e isolados. Ou seja, ele faz isso usando o software de virtualização, conhecido como Monitor de Máquina Virtual (VMM), que separa os ambientes de computação do hardware físico, possibilitando a execução de vários sistemas operacionais em um computador ao mesmo tempo.

Por sua vez, a Cloud Computing, é quando você usa computadores na Nuvem para processar ou armazenar dados, liberando assim os recursos do seu próprio computador, além de proporcionar elasticidade, escalabilidade e gerenciamento.

Resumindo, a Virtualização é o processo de criação de vários ambientes virtuais em um único servidor, enquanto que a Cloud Computing se propõe a entregar soluções de TI pelo modelo de serviços por redes compartilhadas ou privadas. Mas, observe que a maioria dos serviços em Nuvem fazem uso da Virtualização, porém, nem todos.

Série de Vídeos Online de AWS

Cadastre seu nome e e-mail para participar>

Fique tranquilo, seu e-mail está completamente <strong>SEGURO</strong> conosco!

Quais as vantagens em usar cada uma delas?

Uma das maiores vantagens da Virtualização é a redução significativa das despesas de capital, pois é possível executar vários servidores virtuais em menos servidores físicos.

Isso também permite que os servidores sejam usados de forma mais eficiente, fazendo melhor uso dos recursos e capacidades disponíveis, reduzindo os custos com energia e possibilitando a execução de mais aplicativos simultaneamente, pois cada máquina virtual é capaz de executar seu próprio sistema operacional.

A Virtualização também pode ser aplicada ao hardware de armazenamento, permitindo que seja criado um repositório de armazenamento unificado que seja acessível a todos na rede, independentemente de onde as instalações estão baseadas.

Talvez um dos maiores benefícios de uma perspectiva operacional seja que a Virtualização pode levar a maior disponibilidadeE, por fim, ela permite replicar os mesmos níveis de privacidade em um ambiente virtual como em um físico.

Já o principal atrativo da Cloud Computing é a eficiência de custos.

O investimento inicial é significativamente reduzido pois não há necessidade de gastos com um centro de dados próprio, como instalações, hardware e RH. A computação em nuvem reduz as taxas de licenciamento, os custos de armazenamento e as despesas associadas às atualizações de software. A escalabilidade e sua fácil implantação são outras vantagens, além da facilidade de executar backups e a recuperação de dados na Nuvem.

Como Profissional Cloud, no momento de tomar uma decisão, sempre tenha em mente que diferentes organizações têm suas próprias necessidades e têm que levar em consideração sua configuração atual e as implicações financeiras envolvidas, além das muitas opções oferecidas pelo mercado de TI.

Cloud Computing ou Virtualização: qual a melhor para me especializar?

Bem, podemos dizer que em ambas, pois a maioria dos cursos de Cloud Computing englobam o conceito de Virtualização, tendo em vista serem assuntos bem relacionados, e que dependem um do outro para agregar o máximo de valor à TI da empresa.

Com isso, se o curso for de qualidade, o profissional de TI não precisa se preocupar: ele vai aprender tudo o que é necessário. Dominar tanto Cloud Computing quanto Virtualização podem ser o diferencial para a sua carreira como Profissional Cloud.

Uma vez que você saiba realmente quais são as diferenças entre ambas e suas aplicabilidades, você só tem a ganhar.